Fevereiro Roxo e Laranja

FEVEREIRO ROXO E LARANJA

Fevereiro reúne duas campanhas de conscientização. O fevereiro Roxo chama à atenção para o Lúpus, a Fibromialgia e o Alzheimer, que têm em comum o fato de serem doenças crônicas, com possibilidade de controle, mas não de cura até o momento. Já o fevereiro Laranja volta-se para a conscientização sobre a Leucemia.

Conheça cada campanha

Fevereiro Roxo
A campanha visa mais qualidade de vida para pacientes que estão acometidos com as seguintes doenças que, se tratadas em estágios iniciais, podem ter seus sintomas controlados.

A fibromialgia é uma doença reumática caracterizada por dor muscular crônica e generalizada podendo evoluir para incapacidade física. De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a cada 10 pacientes com a doença, sete a nove são mulheres.

O lúpus é um distúrbio crônico que afeta o sistema imunológico fazendo o organismo produzir anticorpos em excesso e provocando inflamações e lesões, que podem afetar os órgãos internos ou somente a pele.

O Mal de Alzheimer ou Doença de Alzheimer é um transtorno neurodegenerativa de evolução lenta e progressiva, que se manifesta principalmente em pessoas com mais de 65 anos. Segundo o Ministério da Saúde, é a forma mais comum de demência em idosos, sendo responsável por mais da metade dos casos.

Fevereiro Laranja
A campanha serve como um alerta e incentivo para a doação de sangue ou medula óssea.

A leucemia é um tipo de câncer com início na medula óssea que pode acometer desde crianças até idosos. Apenas em 2018, a estimativa foi de 10.800 novos casos, sendo 5.940 homens e 4.860 mulheres, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). O objetivo da campanha Fevereiro Laranja é alertar sobre a doença.

A doença pode acometer pessoas de mais ou menos idade, em qualquer fase da vida, incluindo crianças.

Por isso, o diagnóstico precoce e o tratamento dessas doenças são tão fundamentais para garantir longevidade a quem está debilitado.

Procure seu médico regularmente e realize exames. Seja também um doador de sangue ou medula óssea e ajude quem mais precisa.

LEIA TAMBÉM